Um ícone do nosso sistema

Se Marlon Brando estivesse vivo hoje, ele completaria 85 anos. Mas o ator morreu em 2004. Ele foi um dos principais galãs da história de Hollywood, e porta-voz de uma cultura estadunidense que se espalhava cada vez mais pelo mundo. Podem ter certeza que ele foi um dos responsáveis por muita mocinha e rapazinho (que hoje já passou da meia-idade) querer se vestir à la USA, falar como eles, ser como eles. É a chamada cultura-de-massa-enlatada-sem-conteúdo que hoje se tornou tão normal.
Para comemorar o aniversário póstumo do nosso herói, lembro de um verso da música “Eyeless”, da banda norte-americana Slipknot: eles dizem “You can’t see California without Marlon Brando’s Eyes”, traduzindo: você não consegue ver a California sem os olhos do Marlon Brando. É uma metáfora sobre o mundo todo e sua beleza: você não consegue ver como o capitalismo é belo sem um olhar de George Bush. É melhor enxergar assim ou ser “Eyeless”, “sem-olho”?
Anúncios
Explore posts in the same categories: Sem categoria

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: