Ele cansou? Deixa ele!

Estava vendo hoje no telejornal Globo Esporte a entrevista coletiva que o atacante Adriano cedeu esses dias para os jornalistas, já que todos estavam atrás dele depois de não voltar para a Itália após a partida da Seleção Brasileira contra o Peru, em Porto Alegre. A imprensa mundial já fazia seu sensasionalismo típico, perguntando se ele estava morto, sequestrado ou envolvido com drogas, coisas muito fáceis de acontecer a qualquer um que vem ao Brasil, de acordo com o resto do mundo.
O esclarecimento de toda a situação veio da boca do próprio jogador: ele estava na favela que nasceu, com sua família e amigos. Ele não é alcoólatra, não usa drogas, não está metido com o tráfico. Disse apenas que quer dar um tempo no futebol, quer viver uma vida em paz, usufruindo de momentos particulares, algo que ele não consegue desde que virou o mega-astro do esporte. O status que ele usufrui não é maior do que outros jogadores, mas ele foi o primeiro a entregar os pontos de toda a pressão que existe em quem tem sua vida tornada pública.
A maioria dos envolvidos no futebol dizem que ele está em depressão e precisa procurar profissionais. Será? Não consigo entender porque ele tem de jogar futebol, sendo que ele já ganhou, certamente, o dinheiro que necessita pra sobreviver por um bom tempo. Deixem o cara viver do jeito dele, deixem ele ser feliz. Um dos maiores problemas da sociedade é esse: todos estão no jogo a contragosto, mas quando um resolve sair, os outros não deixam. Lastimável.
Anúncios
Explore posts in the same categories: Viagens

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: