A Páscoa do consumo

Chocolate, chocolate e mais chocolate. O produto feito do cacau ganhou um espaço na mídia maior do que qualquer caso de estupro ou assassinato nos últimos tempos. Nessa época, todos paramos para festejar a ingestão de gordura trans e a lucratividade sem tamanho dos vendedores da iguaria. Essa é a Páscoa de hoje, uma data especial, junto ao Natal, pois eles não foram criados para alavancar as vendas (como o dia dos pais, das mães, das crianças), mas sim tiveram seu significado todo esvaziado para uma única e bela mensagem: “comprem!”
É uma cena muito bela ver aquelas mães e tias todas se acotovelando para pegar o ovo favorito que está pendurado numa altura estratégica, onde as crianças apenas admiram feito aquelas televisões-de-cachorro que ficam rodando frangos assados. No sábado o comércio fica aberto até a noite e, enquanto a última porta não descer, existe gente garantindo seu ovo marrom. Aí você dá uma leve olhada para esse mesmo povo, quando eles tem de ficar uma hora a mais na Vigília Pascal na Igreja: todo mundo irritadíssimo.
Desde março é a criançada querendo aquele ovo especial, com determinado brinquedo, certo recheio ou tal cobertura. Eles acham lugar no meio da multidão para se jogar no chão implorando o desejado presente. Aí os pais falam “se você continuar assim o coelhinho da páscoa não vem”. Alguém já tentou ensinar porque a Páscoa existe? Será que os pais sabem realmente o que é a essa data? Última pergunta: estarei sendo chato demais repetindo que a gente tem de rever alguns conceitos?
Anúncios
Explore posts in the same categories: Religião

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: