Um emprego subestimado

Uma dos maiores avanços da nossa sociedade atual, que mudou totalmente seus hábitos e seu cotidiano, foi a emancipação da mulher. O machismo foi deixado posteriormente de lado, e elas puderam se divorciar, trabalhar, fazer o que bem entender das suas respectivas vidas. Ainda não se chegou numa igualdade perfeita entre os sexos, mas a cada dia que passa elas estão nos empregos que antes eram só deles, e – por que não? – eles estão nos empregos que eram só delas. Mas toda essa liberdade feminina criou uma lacuna nos lares, nas famílias.
Aquela função de cuidar dos filhos, arrumar a casa, deixar tudo em ordem enquanto o maridão está pegando no batente, ficou para quem? Acertou quem respondeu “empregadas domésticas”. Hoje é o dia delas, então vamos “cerebrar”: estas moças – e muitas vezes rapazes – na maioria dos casos trabalham nesse ramo por pura necessidade (cá entre nós, não é muito interessante ficar lavando roupa íntima dos outros), mas de qualquer forma, esse emprego as obriga a abandonar sua vida, família e casa, para assumir outra. Muitas passam a fazer parte do lar no qual é contratada, de corpo e alma. Mas, infelizmente, ainda é comum observarmos nas casas que possuem essas profissionais, um tratamento semelhante ao dado às mucamas no período escravocrata: elas almoçam separado, não podem dar sua opinião, não podem entrar nos aposentos dos patrões; ou seja, são apenas objetos no cotidiano da família, sem sentimentos nem vontades.
Nesse Dia Nacional das Empregadas Domésticas, vamos fazer um exercício de humildade e ver que elas merecem mais respeito, já que são seres humanos como nós e são peças fundamentais para a manutenção da sociedade que temos hoje. Eu tive a figura de uma segunda mãe numa empregada – foi fundamental na formação do meu caráter. Será que não estamos relegando elas a uma posição inferior a que merecem?
Anúncios
Explore posts in the same categories: Viagens

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: