Dando o sangue por uma paixão

Uma mesma palavra, significados tão distintos. Paixão: talvez realmente essa seja a realidade desse sentimento, a princípio tão belo mas que pode descambar por caminhos nada amigáveis. Com a ajuda do bom e velho Houaiss, o termo pode significar tanto “grande sofrimento, martírio” – vide a Paixão de Cristo -, quanto “afeto ou entusiasmo muito grande por algo ou alguém”. Realmente, paixão é isso: algo tão belo, que libera os mais prazerosos hormônios na nossa corrente sanguínea, mas se não bem administrada pode ser responsável pelos instintos mais nefastos, levando à brigas, discórdias, guerras, assassinatos.
Essa palavra é comum no mundo humano, desde sempre, o que atesta que as pessoas sempre viveram acorrentadas a alguém ou algo – já que as paixões sufocam e não deixam pensar em outra coisa ou de outra maneira – e não é hoje que isso vai mudar. Pode ser o cônjuge, o partido político, um ponto de vista, uma religião, ou um time de futebol; as pessoas se apaixonam com facilidade.
Há exatos vinte anos atrás, no dia 29 de abril de 1989, um grupo de quatorze torcedores do Liverpool, da Inglaterra, foram condenados a prisão por uma imensa briga no estádio que levou à morte 41 pessoas. Era o ápice dos “hooligans”, torcedores que, se necessário, matavam pelo time. Depois de várias medidas dos governos para punir esses grupos, eles foram enfraquecendo para hoje não serem nem considerados mais perigosos.
“Cerebremos”: o que leva pessoas a chegar a esse ponto – ferir e até matar outras pessoas por causa de uma paixão pelo time? Se lembrarmos de uma novela já antiga da Rede Globo – Mulheres Apaixonadas -, recordaremos daquelas que assassinavam por “amor” ao “amado”. Como dizia a música de um grupo de pagode o qual não me recordo o nome: “estar apaixonado pode ser bem perigoso”. Sim, com certeza pode. Manter-se lúcido com nossas preferências é a chave do equilíbrio.
Anúncios
Explore posts in the same categories: Viagens

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: