“O Homem forte do Reino Unido”

Essa frase foi dita por Ronald Reagan, então Presidente dos EUA, referindo-se a um dos primeiro-ministros mais conturbados da história das ilhas da rainha. E não era um líder qualquer, era a líder, a primeira mulher a assumir o comando na história da Coroa Britânica, Margaret Thatcher. Nome muito conhecido da história política mundial, ela ainda resiste bravamente à ação do tempo, no auge dos seus 83 anos. Hoje “cerebramos” os 30 anos de sua posse como primeira-ministra, iniciando uma liderança de onze anos, até 1990.
Sobre seu governo, cabe falar que Margaret é do partido conservador e foi praticamente uma mistura de Sarney, Collor e Itamar no Reino Unido: quando pegou o governo, tinha nas mãos a tarefa de controlar a inflação. Não conseguiu, muito pelo contrário, e ainda os índices de desemprego foram um dos maiores registrados por lá na história. Mas quero levar isso para um lado ao mesmo tempo mais pessoal e mais generalizado daquele país.
Essa querida senhora não é mais chefe de Estado, não faz parte mais da Câmara dos Comuns, mas integra a Câmara dos Lordes. E não é qualquer lorde não: Thatcher tem nada menos que cinco títulos de nobreza, sendo o mais importante deles a de baronesa. Chamem-na de Baronesa Thacher de Kesteven, por favor. Tudo isso porque ela dizimou nossos hermanos argentinos na Guerra das Malvinas, única coisa que prestou – do ponto de vista britânico – de sua década de governo.
Refletindo um pouco sobre esses títulos de nobreza da Inglaterra, fico um pouco espantado como isso permanece hoje em dia tão forte. As pessoas ainda dão muita importância aos “sirs” e aos duques e barões da atualidade. Isso me cheira à Idade Média, à pessoas que utilizam das justificativas mais horríveis – a vontade de Deus está entre elas – para estar no poder. Uma rainha nesse nosso mundo atual? Só lá mesmo. E ainda criticam nosso Brasil. Pelo menos aqui tiramos um caboclo lá do nordeste e colocamos na Presidência, e que “sifu” o resto. Nobreza por essas bandas, não.
Anúncios
Explore posts in the same categories: Política

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: