A inimiga da produtividade

Ambiente de trabalho: lugar de concentração e seriedade. Queimação de neurônios e utilização de músculos. São horas e mais horas em frente à tela do computador, sem despregar o olho nem pra tomar água. Tudo em nome da empresa.

Ok, ok. Ninguém trabalha desse jeito. Não há mal nenhum em fazer aquela paradinha estratégica para bater um papo, tomar um café, fumar um cigarro (melhor não!). O problema é quando esses momentos de descontração se tornam longos demais, e – voilá! – ali está a preguiça fazendo vítimas.

Quem nunca se viu tentado a ficar um tempinho a mais conversando com os colegas, ou esperando o almoço fazer aquela digestão extra (talvez até um cochilo!), ou até uma boquinha no meio do expediente?

Todos devemos criar e cultivar relacionamentos, afinal, não somos máquinas. Mas, cuidado! A preguiça é sorrateira. Se você ficar pedindo “mais cinco minutinhos” sempre, pode ficar tachado de preguiçoso e anti-produtivo, e pior: ter problemas com seu chefe. Talvez aí você poderá assistir a Sessão da Tarde à vontade em casa.

 

[Texto escrito para o Jornal Mural "O Pecado Mora ao Lado", dos graduandos de Relações Públicas, 1ª série, matutino, da U.E.L., com a temática da Preguiça na empresa]

Anúncios
Explore posts in the same categories: Viagens

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: