O Credo

Creio no Pai, o Amor, o Justo
que tudo pode, tudo vê e comanda.
Sua Destra que início manda
construir o mundo, com pouco custo.
A realidade é dEle e dEle emana,
e nem todos pra Ele fazem um busto.
 
Maior que todas estas criaturas
feitas pela operação do Seu Amor
mais bela e perfeita é a gerada nas alturas
consubstancial: Jesus Cristo, Nosso Senhor.
Descido para essas realidades duras
onde o Unigênito conheceria a dor.
 
Sua história aqui neste abismo
começa quando um arcanjo anuncia
a uma Virgem fiel ao judaísmo
que o Espírito Santo maravilhas faria
e na virgindade sem causar cismo
nasceu o Senhor da menina Maria.
 
Trinta anos depois, vividos na amizade
muitas benfeitorias feitas aqui e ali
os mestres-da-lei entregaram Nossa Majestade
a Pôncio Pilatos, que tirando de si
O condenou à vergonha de Seu sangue escarlate
ser derramado na cruz, junto aos ladrões dali.
 
Mas não seriam as mãos humandas que o venceriam
e, morto, desceu aos mortos para libertá-los
e depois de três dias, como eles ouvido haviam,
ressuscitou, para do pecado livrá-los
trazendo nova realidade para aqueles que sabiam
que Sua bondade não iria abandoná-los.
 
Depois de um tempo junto de seus amigos,
ascendeu ao Céu, junto de Seus anjos.
Donde quando todos nós formos antigos,
e já tiverem passado todos os anos
Ele voltará, julgando os cativos
e levando os justos para os altos planos.
 
Creio também, antes que me esqueça
no Paráclito, o Defensor, que também é Deus
e na Igreja deixada pelo Filho-Cabeça
para guiar o grande rebanho dos seus.
Ambos unidos, infinita beleza
estarão conosco, nunca dirão adeus.
 
Creio também em todos aqueles
que junto do Pai já são santos.
Tenho certeza, ó sim, que eles
entoam por nós os graciosos cantos
que fazem com que Deus, sobre nós, os reles
perdoe os pecados, para nossos espantos.
 
Acredito também, por fim,
– pois este poema já se estendeu demais –
que um dia nos uniremos, assim:
de corpo e alma perfeitos e imortais
na vida eterna, ao lado dos serafins
donde face-a-face veremos as glórias divinais.
 
Amém.
Anúncios
Explore posts in the same categories: Religião

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: