O Espectro Ideológico: da ignorância à estupidez

Por algum motivo no decorrer do último século, a América Latina foi um terreno fértil para o desenvolvimento das ideias marxistas, que buscam a instalação do comunismo, passando pelo socialismo e a “revolução do proletariado”. Desde os idos tempos do PCB de Luís Carlos Prestes, chamado “Partidão”, até o advento do aclamado Partido dos Trabalhadores, ser intelectual no Brasil é ser de “esquerda”. O problema desta teoria é o fato dela dividir o mundo em duas esferas antagônicas: quem não está com eles seria de “direita”. A questão não é bem assim, e existem mil ideias que se enquadrariam no espectro oposto de Karl Marx; desde o mais radical dos neoliberais europeus, até os trogloditas nazi-facistas espalhados mundo afora. Não me enquadro em nenhum dos dois, e não estou do lado deles. Não estou do lado, por exemplo, do deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ), que espalhou bobagens no último CQC. O link para o vídeo é esse. Posto abaixo a opinião que Reinaldo Azevedo, meu companheiro ideológico anti-esquerdismo, escreveu sobre ele ontem. Dá o tom do negócio.

30/03/2011

às 7:25

Ele não é direitista, não! Ele é um abobalhado. E as esquerdas adoram tê-lo como adversário!

O deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ) voltou a falar bobagem pelos cotovelos num programa de televisão — o CQC, da Band. Antes que chegue ao caso propriamente, algumas considerações prévias.

Se eu defendesse cotas raciais, revisão da Lei da Anistia ou a tal lei que pune a homofobia— qualquer pessoa alfabetizada que a tenha lido sabe que, ela sim, é fascistóide —, eu adoraria ter um adversário como o deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ). Ele é o inimigo que as esquerdas adoram ter porque fala bobagem pelos cotovelos.  No dia 25 de novembro do ano passado, escrevi um texto criticando-o duramente. Alguns bobos acharam que eu estava tentando fazer embaixadinha para as esquerdas. Eu??? Então escrevi outro. Este senhor brutaliza qualquer debate. Tem o dom especial de transformar em lixo autoritário teses que podem até estar corretas na essência. Faltam-lhe preparo intelectual, estudo, talento, tolerância e espírito democrático. Engana-se quem acha que ele é direitista. Ele só é abobalhado. E um abobalhado é o adversário que as esquerdas, ou seus sucedâneos no pensamento, pediram a Deus.

Acho que escrevi na imprensa brasileira a mais detalhada crítica à PL 122, a tal lei que pune a homofobia, que boa parte dos meus colegas nem mesmo leu. Pra quê? Basta ser a favor! O texto está  aqui. Sob o pretexto de proteger gays, agride direitos fundamentais, inclusive a liberdade de expressão, assim como aquele plano censurava a imprensa sob o pretexto de defender os direitos humanos. Eu faço esse debate com a maior tranqüilidade, sem temer a patrulha. Trata-se de mais uma lei que, se aprovada, acabará derrubado no Supremo. Gente como Bolsonaro, com suas tolices, com sua truculência ignorante, vem nos lembrar que a diferença entre o veneno e o remédio é a dosagem. Já bastam as  as trapaças das esquerdas!

No ano passado, em meio a um debate acalorado sobre o PL 122 e aquela outra estupidez, que é a lei que pune a palmada, Bolsonaro foi a um programa de TV e disse a seguinte pérola:
“Se o filho começa a ficar assim meio gayzinho, [ele] leva um couro e muda o comportamento dele”.
Certa imprensa, claro!, o procurou para falar mais tolices. E ele mandou ver:

“O pai tem o direito de dar umas palmadas no filho dele. Se o garoto anda com maconheiro, ele vai acabar cheirando, e, se anda com gay, vai virar boiola com toda certeza. Nesse momento, umas palmadas nele coloca o garoto no rumo certo”.

Pronto! Os que se opõem às duas leis por bons motivos, com base nos fundamentos democráticos da Constituição, passam a ter, então, dois adversários: os que defendem as propostas autoritárias e… Bolsonaro! Espertamente, os “progressistas” o escolhem como um “símbolo” do pensamento adversário. Quanto mais ignorante ele for, melhor. O CQC, convenham, não o convidou em busca de luzes, não é mesmo? Como produto da hora, quanto mais treva, melhor! Convenham: ele foi um sucesso! Quem teve a idéia de convidá-lo foi bem-sucedido no seu intento. Sem contar que os entrevistadores podem esculhambá-lo à vontade, como fizeram.

(…)

Encerro
Termino este texto com a mesma declaração que fiz no dia 25 —  e espero que isso desestimule algumas pessoas a enviar comentários exaltando a “coragem” do deputado. Creio que ele está sendo apenas oportunista, jogando para a sua aguerrida e minúscula torcida de sectários retóricos, comprometendo o debate civilizado.  Quem acha que este blog e Bolsonaro podem transitar na mesma faixa faz uma idéia errada ou de Bolsonaro ou de mim. Vamos à conclusão.

Só escrevo aquilo em que acredito e não me sinto certo ou errado a depender de quantos estejam do meu lado. Nada impede que a mentira tenha muitas companhias e que a verdade seja solitária, o que também não quer dizer que a solidão seja um poço de virtudes, e as crenças coletivas, de vícios.

A minha crença é a liberdade. Na minha imaginação, os meus adversários estão sempre de pé, lutando. Eu os combato porque incivilizados, não porque considere a minha eventual incivilidade superior à deles. Eu acredito que é uma imposição moral controlar a besta que mora em todos nós, em vez de soltá-la.

Um brinde à liberdade e às idéias que nos fazem melhores e mais donos do nosso destino! No mundo laico, essa é a minha religião. A minha ética é a do guerreiro; quem elimina ou constrange o outro na porrada é o terror.

Por Reinaldo Azevedo

Fonte: http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/ele-nao-e-direitista-nao-ele-e-um-abobalhado-e-as-esquerdas-adoram-te-lo-como-adversario/

Anúncios
Explore posts in the same categories: Política, Viagens

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: