Ver ou não ver*

Preto ou branco
olho rasgado
Peludo ou pelado
Cara de espanto

Alto ou baixo
Anda ou não anda
Com uma perna bamba
Magro, eu acho

Somos, sim,
todos diferentes
E o olho não mente
Ele vê, é assim.

Como não ter
nenhum preconceito
se o sujeito
é “assim” ao o ver?

Não basta expor
Colocar na TV
Se ele e você
não se ligam no Amor.

*Poema em resposta ao último programa d’A Liga, que tratou de pessoas “diferentes”, defendendo que para diminuir o preconceito em relação a elas, deveriam ser mais “expostas” na mídia, para que as pessoas não se “assustassem” ao vê-las.

Anúncios
Explore posts in the same categories: Lazer, Viagens

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: